Como reduzir custos na sua empresa em 5 dicas

Nenhum negócio está livre de períodos de crise e dificuldade financeira. Nessas horas, um dos recursos para melhorar a situação é reduzir custos

 

Você finalmente conseguiu abrir a sua empresa e realizar o sonho de trabalhar para si mesmo. As coisas vão bem até que uma grande crise afeta os consumidores e o mercado. As contas não fecham mais e todo mês você acaba no vermelho.

Está claro que a sua empresa precisa tomar medidas para se manter operacional. Reduzir custos é um caminho importante para melhorar a situação – e até mesmo conseguir vantagem competitiva, inclusive fora de momentos de crise.

Mas calma lá: economizar não é tão simples quanto parece. Diminuir os custos sem critério pode ser muito perigoso. Siga nossas dicas para se organizar e mãos à obra.

 

1. Reduza os custos espontaneamente

A redução de custos pode acontecer de duas formas: espontânea e compulsória. Na redução espontânea, as ações são tomadas de maneira preventiva e gradativas, visando a resultados parciais e efetivos a longo prazo.

Já a redução compulsória funciona de forma contrária. Sua aplicação é dada em momentos de grave crise e tem como finalidade a sobrevivência do negócio. Por buscar resultados rápidos, o corte costuma ser mais severo – muitas vezes atingindo pontos vitais da empresa.

Prefira sempre a redução espontânea. Os resultados são mais visíveis e o processo é menos impactante.

 

2. Conheça a ligação entre preço e custo

Os custos, o preço das mercadorias e o volume de vendas estão totalmente conectados. Compreender esse ciclo parece simples, mas é vital para a manutenção das operações de uma empresa.

O custo tem influência no valor que o produto será vendido nas prateleiras e, também, no número de itens vendidos.

Uma política de redução de custos deve levar em conta os preços aplicados. Reduzir os custos e não diminuir os preços, por exemplo, pode levar a problemas ainda maiores na receita.

 

3. Implemente soluções tecnológicas

Estratégias envolvendo o uso de tecnologia são efetivas para reduzir custos no dia a dia do seu negócio. A eliminação de processos manuais e repetitivos por meio de sistemas e software adequados é uma das medidas possíveis: por um lado, o fim de tanta papelada vai representar menos despesas com material e, por outro, um melhor aproveitamento do tempo de funcionários e colaboradores.

O foco em integração também é importante. Ao invés de pagar por três aplicativos diferentes que realizam atividades distintas, por que não investir em um único programa que realize todas elas?

 

4. Negocie com seus fornecedores

Já pensou que alguns dos seus contratos com fornecedores e distribuidores podem estar desatualizados ou com preços excessivos? Entre em contato e negocie os termos; você pode se surpreender com possibilidades de flexibilização que vão reduzir custos. Em último caso, tenha sempre outras opções e ofertas.

 

6 dicas para evitar problemas com seus fornecedores

 

5. Elimine desperdícios

A rotina administrativa muitas vezes inclui vícios que geram despesas. Ouça seus funcionários para identificar áreas ineficientes e reduzir custos relacionados a elas. Cancele serviços que já não usa mais – facilidades como o débito em conta podem fazer com que você pague por produtos que nem utiliza mais.

Deixe uma resposta